A CPI dos Quadrúpedes (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Imperador romano Calígula, nomeou senador seu cavalo Incitatus.

O povo brasileiro nomeou, no mínimo, três quadrúpedes para o senado.

CPI é a sigla de Circo Para Idiotas.

Mas é um circo para idiotas onde os palhaços não tem graça nenhuma. E os animais estão na plateia, zurrando e batendo os cascos.

Foi instituída por ordem de um ministro do STF. Onde um deles rasgou a constituição ao manter Dilma elegível depois de destituída. Poderia ter sido pelo caçador de bolsonaristas, ou o soltador de bandidos ricos, o blindador de Traficantes, o menino ou menina do voto obscuro.

Não faria diferença. O objetivo é o mesmo: recuperar as chaves dos cofres públicos.

É um circo para idiotas usado pela mídia acostumada a tratar seu público como idiotas.

Globo, Band, CNN, Folha e afins deitam e rolam nas narrativas absurdas, exageram nas Fakenews sem qualquer preocupação com nada.

Escandalosamente Pacheco, presidente do senado, faz cara de apavorado. Não só faz cara, se comporta como quem está apavorado. Se submete aos desmandos do STF e da gangue de sete senadores escolhidos a dedo dentre os mais patifes.

O G7, ou a gangue dos 7, está se lixando para a opinião pública. Lá se encontram os que mais devem à sociedade. Gente acusada de participar de orgias com crianças em plena selva amazônica, gente acusada de desvios milionários na saúde e que teve quase toda a família presa em seu lugar, gente que responde a dezenas de processos no mensalão, na lava-jato enfim em rigorosamente todos os esquemas de corrupção e fraude.

Se falta absurdo neste país, estes mesmos patifes se reúnem com o chefe da maior organização criminosa do mundo, para receber orientações. Renan e seus pares (ou seriam párias?) se reúnem com Lula para conspirar contra o país.

Um escárnio !

E de lá de dentro, sob a lona do circo, suas atrações horrorosas fazem de tudo. Se lixam para a verdade, impõem narrativas, ignoram médicos, dão voz a gente vil como eles mesmos e dão voz de prisão para aqueles que não disserem o que eles mandam dizer.

Inventam narrativa após narrativa:

Que vacinas poderiam ter sido compradas quando ainda não existiam.

Que vacinas poderiam ter sido compradas sem aval da Anvisa.

Que existe corrupção em compra sem que um centavo sequer saísse dos cofres públicos. Sem que os contratos tivessem qualquer irregularidade. Onde o testemunho de um estelionatário internacional é o melhor argumento que possuem.

Pintam e bordam os personagens deste circo de horrores: A quase mulher barbada, o ogro na presidência, o chipanzé da relatoria e por aí afora.

O objetivo de todos eles é o mesmo: recuperar as chaves dos cofres públicos. É, eles tem quase tudo, mandam e desmandam, mas falta o mais importante para eles, as chaves dos cofres públicos.

A razão de tudo é voltar a movimentar o dinheiro e roubar. São ladrões comuns.

Se imaginam algo melhor, mas são apenas homens e mulheres viciados em roubar. Não importa o dinheiro que recebam em seus cargos, são obcecados por roubar.

E os patetas, ou idiotas que "amam um circo" batem palmas.

De fato, uma republiqueta de bananas.

Uns Babacas, uns bananas.

Ricardo Barbieri.

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faca a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar