Bolsonaro interrompe entrevista, reza o "Pai Nosso" e dá lição em jornalistas (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na última segunda-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro surpreendeu os jornalistas com quem conversava, ao pedir que o acompanhassem em uma oração.

A situação inusitada ocorreu quando o presidente foi questionado se estaria ‘arrependido’ das declarações que fez contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, com quem vem travando uma batalha na defesa do voto impresso auditável.

“Parem de falar de arrependimento, que coisa feia. Vai acabar a entrevista. Vai acabar. Depois vocês me chamam de grosso. Vamos rezar um Pai Nosso? Vamos lá, me ajudem…”, disse Bolsonaro.

Confira:

Os repórteres e apoiadores presentes atenderam ao pedido do presidente e o acompanharam na oração do Pai Nosso.

Bolsonaro finalizou a entrevista reafirmando sua defesa ao voto impresso auditável, e refletindo que até mesmo a oposição deveria defender a implementação do sistema:

“Imagine que o Lula perca as eleições: o pessoal dele não vai gostar, afinal de contas ele teria 60% de intenções, segundo o Datafolha. E o nosso lado diz que a pesquisa de rua, dado como as pessoas me recebem em qualquer lugar que eu vou, temos aceitação enorme. É coisa rara alguém me xingar, me ofender, me chamar de um palavrão ou qualquer coisa”, argumentou o presidente.

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar