URGENTE: Diretora da Precisa diz que Luis Miranda mentiu e o desafia a falar “frente a frente” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A diretora da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades disse, em depoimento à CPI da pandemia, nesta quarta-feira (14), que os irmãos Miranda mentiram sobre a data das criações das invoices, os documentos com as informações preliminares para a compra da vacina indiana, Covaxin.

O deputado federal Luis Miranda afirmou, nesta mesma CPI, em depoimento no dia 27 de junho, disse que havia recebido as invoices com os supostos erros que induziriam à fraude, no dia 18 de março. Mas Medrades garante que a primeira invoice foi emitida somente quatro dias depois:

“Provei e provo mais uma vez que esta invoice só foi enviada no dia 22 e eu desafio o Luiz Ricardo (irmão do deputado e servidor do ministério da Saúde), a provar que recebeu no dia 18, porque não vão conseguir, e estou disposta inclusive a fazer uma acareação junto com as informações que eles passaram e com os fatos, pois eu provei e provo quantas vezes for necessário”

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar