URGENTE: Ainda em consequência da "facada", Bolsonaro deve ser submetido à operação de emergência

Ler na área do assinante

Um quadro de obstrução intestinal, que provocou fortes dores abdominais no presidente Jair Bolsonaro, na noite desta terça-feira (13), pode resultar na necessidade de um procedimento cirúrgico.

O presidente será levado para São Paulo onde médicos farão uma avaliação, que definirá a necessidade da cirurgia emergencial.

A constatação da obstrução intestinal foi feita pelo médico Antonio Luiz Macedo, que acompanha a saúde de Jair Bolsonaro desde o atentado sofrido em 2018, quando o ex-militante do PSOL, Adelio Bispo de Oliveira, tentou matá-lo com uma facada.

Por causa da facada, o presidente da República já realizou quatro cirurgias em São Paulo, todas conduzidas pela equipe liderada por Antonio Luiz Macedo no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista.

O próprio presidente tuitou sobre o assunto e revelou que ainda sofre as consequências da facada que levou em 2018, desferida por "antigo filiado do PSOL, braço esquerdo do PT

Que Deus abençoe o nosso presidente.

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faca a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar