Quem diria, PT e PCdoB lutam para evitar CPI da UNE

PT e PCdoB conseguiram esta semana, pela terceira vez impedir a instalação da CPI da UNE.


Uma manobra dos dois partidos, alterando os seus indicados para a comissão, obrigou o adiamento.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, que é do PCdoB, tem influenciado junto ao presidente da Câmara, objetivando criar entraves na investigação.

O partido de Dino dirige a entidade há mais de 20 anos.

Durante as gestões do PT a UNE recebeu quantias vultuosas, que deverão ser investigadas.

Existe fundada suspeita que tenham sido desviadas para partidos e para o financiamento de campanhas políticas.

Além disso, a UNE que historicamente se notabilizou pela defesa intransigente dos direitos dos estudantes e da cidadania, ultimamente transformou-se num mero braço do PT, tendo atuado na defesa incondicional dos governos de Lula e Dilma.

Estima-se que durante as gestões petistas, a entidade recebeu em torno de R$ 60 milhões em doações, além do financiamento para construção de uma mega sede em área nobre do Rio de Janeiro.

A sociedade exige transparência.

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Variedades