Na "cara" dos deputados, Marcel esfrega indignação com o aumento do Fundão e detona: "É escarrar na cara do cidadão" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O deputado federal Marcel van Hattem expôs sua revolta com a proposta de inclusão na Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022, do aumento do "Fundão Eleitoral" que foi aprovado ontem, quinta-feira (15) na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

No Congresso Nacional, Marcel, em fortes palavras, detonou:

“É brincadeira com o povo brasileiro que está pagando mais de R$ 6 na gasolina. Este imposto da gasolina que o cidadão está pagando na bomba, vai para pagar ‘santinho’”, disparou ele.

E continuou:

“Este plenário do Congresso Nacional está brincando com o povo brasileiro, está ‘tirando com a cara’ do povo brasileiro. Está cuspindo na cara do povo brasileiro”, apontou ele, indignado.

Ao final do vídeo, o deputado ainda pediu desculpas por ter falado tão veemente, mas que não via outra opção para expor sua revolta:

“Me perdoem a veemência, mas em respeito aos eleitores brasileiros, aos cidadãos que pagam a conta, não posso deixar passar em branco esta oportunidade de dizer que esta Casa Legislativa, se aprovar uma LDO com quase R$ 6 bilhões para campanha política, estará escarrando na cara do cidadão brasileiro”, desabafou o deputado.

Em suas redes sociais, o deputado escreveu::

“A gasolina a mais de 6 reais na bomba e o imposto pago no combustível vai para pagar campanha de reeleição de deputado e senador. É cuspir, é escarrar na cara do cidadão, em meio a uma pandemia! VERGONHOSO!”, escreveu ele.

Confira:

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar