Escola promove atividade LGBT com crianças do ensino fundamental e gera revolta dos pais

Ler na área do assinante

Uma escola de Santa Catarina vem sendo duramente criticada por pais e pela comunidade local, após propor atividade com temática LGBT a alunos do 9º ano.

A Escola de Educação Básica Henrique Liebl, em Rio Negrinho (SC), acabou gerando uma onda de revolta nas redes sociais, após ser divulgada, na internet, uma imagem mostrando estudantes confeccionando faixas com dizeres como ‘sou bissexual, assexual, transexual, gay, lésbica’, e afixando nas escadas da instituição.

A denúncia de que a escola estaria promovendo ideologia de gênero foi repassada à deputada estadual Ana Campagnolo, que encaminhou o fato ao Ministério Público.

A deputada também compartilhou a denúncia em suas redes sociais, e comentou que foi procurada por diversos cidadãos indignados com a atitude da escola.

Diante da revolta da população, na última sexta-feira (16), Ana protocolou um requerimento no Ministério Público de Santa Catarina, questionando quais medidas serão tomadas em relação ao ocorrido.

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar