Ciclovia do Rio, faltou indiciar o principal responsável

Quatorze pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil, pelas duas mortes em razão da queda da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, no dia 21 de abril, no Rio de Janeiro


Todos responderão pelo crime de homicídio culposo.

Entre os indiciados certamente faltou o nome do prefeito Eduardo Paes, o grande responsável pela lamentável tragédia.

O próprio prefeito, em entrevista após o funesto acontecimento, afirmou que se sentia responsável pelo desabamento da ciclovia.

‘Sou totalmente responsável. Em última instância, é a prefeitura que executou a obra. Não vamos brincar com esse tipo de coisa. O prefeito assume suas responsabilidades porque, em última instância, é quem designa os dirigentes do município’, admitiu.

No Brasil, a própria operação Lava Jato tem demonstrado que nas administrações públicas, as obras são distribuídas de acordo com a conveniência e os interesses dos gestores. Licitações são realizadas com cartas marcadas, obras superfaturadas e farta distribuição de propina.

A assepsia para ser eficaz precisa fazer com que quem desviou recursos do erário, devolva e seja punido exemplarmente.

Que a tal obra seja analisada em sua plenitude, mas, desde já, o prefeito tem que ser chamado na responsabilidade.

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Política