Antônio João faz calorosa recepção para ex-presidiário

Intrigante o lauto almoço oferecido pelo dono do jornal Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues, ao ex-deputado federal Edson Giroto, recentemente liberado pela Justiça da prisão, por seu provável envolvimento nos crimes investigados pela Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal.


A soltura de Giroto causou estranheza nos meios jurídicos, em razão do arsenal de provas colhidas e de sua notória capacidade de influenciar nas investigações.

Tal fato fica ainda mais evidente com a revelação do encontro entre as duas figuras, flagrado por um site de Campo Grande (MS).

AJ, através de seu ‘jornaleco’, sempre teve participação ativa na estrutura midiática que deu respaldo às ações de seu dileto convidado.

A ‘reunião secreta’ contou ainda com a participação do ex-prefeito Nelsinho Trad e do ex-governador André Puccinelli, ambos igualmente investigados pela Polícia Federal.

O patético jornalista, revoltado com a descoberta do encontro, publicou uma postagem no Facebook, demonstrando extrema indignação com o dono do site que fez a matéria.

No texto, porcamente rascunhado, em meio a inúmeros insultos, anunciou que receberia no dia seguinte (nesta terça-feira, 28) a vice-governadora Rose Modesto, investigada na Operação Coffee Break, do Gaeco, juntamente com toda a patota do almoço.

Parece evidente que tais encontros estão recheados de intenções malignas.

Lívia Martins

liviamartins.jornaldacidade@gmail.com

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco MS