Enquanto Daniel Silveira segue preso, terrorista que ateou fogo em estátua está em liberdade

Ler na área do assinante

Tem coisas que acontecem só no Brasil

Quase como um “clichê”, a frase nunca esteve em tamanha evidência.

No domingo, 25, a Justiça de São Paulo concedeu liberdade provisória a um dos criminosos envolvidos no incêndio da estátua de Borba Gato, em Santo Amaro, na zona sul da capital paulista.

O bandido responde pelo crime de associação criminosa e por causar incêndio, expondo a perigo o patrimônio público.

A notícia da liberdade do “terrorista” revoltou a população.

Luciano Hang, dono da rede lojas Havan, desabafou:

“Não tem como dar certo! A própria justiça normaliza os atos de violência ao invés de punir esses terroristas. Isso só instiga ainda mais pessoas a cometerem crimes semelhantes. [...] Nossa referência de proteção é por meio da justiça e ela tem voltado seu olhar compadecedor para o lado errado”, escreveu ele, em suas redes sociais.

A coerência parece estar longe das últimas decisões judiciais do País.

Daniel Silveira, deputado federal, talvez seja o maior exemplo. Ele segue preso há mais de um mês e, mesmo já tendo pago a fiança imposta pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, não tem previsão para ser solto.

Essa é a triste realidade da Justiça no Brasil!

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar