Gleisi, atrevida, manda Janaína se calar e leva troco desmoralizante

A petista Gleisi Hoffmann, talvez transtornada com os fatos acontecidos nos últimos dias, quando o marido foi preso em função de severas acusações de corrupção e de fraude contra o servidor público, um golpe que possivelmente teve a participação da própria senadora, perdeu totalmente a elegância e a educação com a advogada Janaína Paschoal.

Gleisi mandou que Janaína se calasse.

Imediatamente foi repreendida pelo senador Waldemir Moka (PMDB/MS), mas o troco de Janaína foi desmoralizante.

"É por força desse comportamento reiterado das nossas autoridades, no sentido de dizer 'eu sou autoridade, você não é ninguém, portanto, cale-se', é que o país está desse jeito. Quando eu tinha dez anos de idade eu escrevi uma poesia e disse 'não me calo'. Não é nem por eu ser advogada, apesar de eu ter esse dever de ofício, mas eu não me calo como ser humano diante da injustiça, diante do autoritarismo, diante dos comportamentos ditatoriais que nós temos verificado nesse país", declarou Janaína.

da Redação

Veja o vídeo: 

da Redação

Comentários