Depois de forte nota militar, CPI tenta convocar General Braga Netto e recua logo em seguida

Ler na área do assinante

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid decidiu retirar da pauta a convocação de Walter Braga Neto, ministro da Defesa.

A convocação entrou em pauta após a divulgação de uma forte nota, assinada por Braga Neto em conjunto com os comandantes das Forças Armadas, criticando Omar Aziz, presidente da CPI.

Agora, alguns senadores discordam da convocação, com receio de tumultuar a relação entre os Poderes, preferindo deixar a pauta para um outro momento.

Se convocado, Braga Neto deverá responder à questionamentos sobre o período em que chefiou a Casa Civil, entre fevereiro de 2020 e abril de 2021, e sobre sua atuação na pandemia, enquanto chefe do comitê interministerial de combate à crise do novo coronavírus.

“No momento de maior dificuldade da pandemia, quem estava coordenando era o ministro da Casa Civil, Braga Netto, e não o general. Se eu tiver que votar, meu voto é favorável à convocação do general Braga Netto”, declarou Aziz.

Já Renan Calheiros, relator da CPI, defende a convocação do ministro, e já começou a disparar acusações contra Braga Neto:

“Nós não queremos trazer apenas porque ele está tentando desestabilizar os Poderes, emporcalhar a democracia, promover retrocessos institucionais. Não é por isso.
Nós precisamos trazer porque ele foi o coordenador do comitê de crise de enfrentamento à pandemia de covid-19 e certamente tem responsabilidade grande sobre mortes que poderiam ter sido evitáveis”, apontou Renan.

Alguns senadores, porém, acreditam que a convocação seria uma decisão precipitada, visto a falta de elementos para alguma acusação, como é o caso de Eduardo Braga:

“Criar um factoide político e não termos questionamentos, esta conclusão da CPI, me parece a construção inoportuna diante de um cenário político nacional”, comentou Braga.

Aziz, Renan e Randolfe terão a "coragem" de sempre frente a frente com Braga Netto?

Eis a questão...

Querem nos calar!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados das “velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe.

Não deixe a verdade morrer!

Faça a sua assinatura, tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade e fortaleça o jornalismo independente.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar