Prova inusitada encontrada no apartamento de Joice pode finalmente resolver o caso

Ler na área do assinante

Uma bituca de cigarro encontrada no apartamento da deputada federal Joice Hasselmann, após o suposto ataque sofrido por ela em seu apartamento funcional em Brasília, no dia 17 de julho, foi encaminhada à Polícia Civil, para perícia.

O objeto, encontrado embaixo de um sofá, foi considerado suspeito, já que ninguém fuma na casa.

Tanto a Depol (Polícia Legislativa) quanto a Polícia Civil investigam o caso, mas até o momento não foi possível determinar o que ocorreu de fato.

Um exame de corpo de delito feito no marido da deputada, o neurocirurgião Daniel França, apontou que não havia lesões nem hematomas recentes em seu corpo, o que afastaria a possibilidade de França ser o agressor.

O laudo do Instituto Médico Legal da Polícia Civil do Distrito Federal concluiu ‘a ausência de lesões recentes’ em França.

Já a Depol afirmou não ter sido possível identificar a entrada de nenhuma pessoa estranha, entre os dias 15 e 20 de julho, após analisar as câmeras de segurança do prédio. No dia 24 de julho, a Depol encaminhou o inquérito ao Ministério Público Federal, a quem caberá oferecer, ou não, denúncia à Justiça Federal.

O MPF, no entanto, pediu novas diligências, que estão sendo cumpridas.

Querem nos calar!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados das “velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe.

Não deixe a verdade morrer!

Faça a sua assinatura, tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade e fortaleça o jornalismo independente.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar