Deputado ameaça vereadora e diz que ela merece "tiro na cara" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O deputado estadual Amauri Ribeiro, do estado de Goiás, causou polêmica após um discurso na Assembleia, em que defendia o direito à propriedade privada.

Ribeiro, que é conhecido como o ‘deputado do chapéu’, criticava a falta de atitude e providências quanto à invasão e grilagem de propriedades que vem ocorrendo no estado.

Mas o motivo da polêmica foi uma declaração de Ribeiro, em que citou a vereadora de Goiânia, Luciula do Recanto, fundadora de uma ONG pró-animais.

“Eu fico p*** quando vejo uma vereadora, igual essa aí de Goiânia, que se diz protetora de animais, arrebentar o portão da casa de um cidadão, sem mandado, sem ordem judicial, porque ela também não é polícia, nem com ordem ela podia invadir uma casa.
Pra mim, merecia um tiro na cara. Quem invade o que não é seu, não merece nem viver”, disse Amauri.

A declaração foi feita durante um discurso sobre a titularização de terras assentadas em Goiás, e foi uma referência a uma ação feita por Luciula em maio deste ano, quando a vereadora, após acionar a Guarda Metropolitana e a Agência Municipal de Meio Ambiente, resgatou 30 galos que seriam vendidos para os Estados Unidos para serem usados em rinhas no Texas

“As pessoas têm direito de defender o que é seu, a sua propriedade”, afirmou o ‘deputado do chapéu’.

Na última sexta-feira (06), a Câmara Municipal de Goiânia emitiu uma nota oficial de repúdio às declarações do deputado, às quais classificou como ‘intimidatórias’ e ‘em tom de ameaça’.

Confira:

Querem nos calar!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados das “velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe.

Ajude para que a verdade prevaleça!

Faça a sua assinatura, tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade e fortaleça o jornalismo independente.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar