Justiça ordena PT a pagar R$ 2 milhões por "calote" no DF

Ler na área do assinante

Após quase 7 anos, o Partido dos Trabalhadores (PT), finalmente terá que pagar a ‘continha em aberto’ com a gráfica Editora Qualidade.

O juiz Issamu Shinozaki Filho, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT), determinou que o diretório do PT terá que pagar R$ 2 milhões referentes a um débito com a empresa.

O valor é referente ao material de campanha de Agnelo Queiroz, em 2014, quando era governador do Distrito Federal e tentava a reeleição. A dívida original era de R$ 647 mil, mas por causa das correções monetárias e multas, o valor atual chega a R$ 2 milhões.

O juiz determinou o prazo de 15 dias para que o partido efetue o pagamento da dívida, evitando bloqueios de recursos.

Mais um calote do PT que será resolvido na Justiça.

Querem nos calar!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados das “velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe.

Ajude para que a verdade prevaleça!

Faça a sua assinatura, tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade e fortaleça o jornalismo independente.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Metrópoles

da Redação
Ler comentários e comentar