Ser de esquerda não dá o direito de tripudiar sobre uma mulher agredida (Veja o vídeo)

É justamente o que fez o PSOL, partido que se apresenta como de esquerda, mas que infelizmente tem ocupado o papel de um medíocre braço do PT e invariavelmente é protagonista de atitudes que não coadunam com o seu discurso.


São ótimos para cobrar, péssimos para executar o que pregam.

Especialistas em aplicarem um peso e duas medidas, agindo de acordo com a conveniência e ignorando o próprio discurso.

Foi o que fez Gregório Duvivier em recente ato de apoio à candidatura de Marcelo Freixo à prefeito do Rio de Janeiro.

Tripudiou sobre a ex-mulher do deputado Pedro Paulo, vítima de agressão durante o período em que eram casados.

Uma piada sem graça, mas que levou a gargalhada o próprio Marcelo Freixo e todas as feministas presentes.

Cena lamentável e inaceitável, mas que militantes hipócritas aceitam e se divertem.

Um acinte.

da Redação 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política