Comandante da PM convoca para o dia 7, Doria "surta", afasta coronel e faz ameaças a policiais (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em mais uma demonstração de autoritarismo, o governador do estado de São Paulo, João Doria, anunciou, nesta segunda-feira (23), o afastamento do chefe do Comando de Policiamento do Interior-7, coronel Aleksander Lacerda.

O motivo alegado para o afastamento foi "indisciplina", já que Lacerda é apoiador do presidente Jair Bolsonaro, e convocou a população para que participe das manifestações marcadas para o 7 de setembro.

“Ele acaba de ser afastado da Polícia Militar (PM) do Estado de São Paulo. O agente foi comunicado nesta manhã pelo secretário de Segurança Pública. Nós não toleramos indisciplina e ele responderá por aquilo que falou, bem como pelas postagens que fez”, disse Doria, em uma entrevista.

O governador ainda deu mais uma demonstração de sua arrogância ao mandar um recado para os demais membros da corporação:

“Se outros fizerem isso, terão o mesmo destino”, afirmou, ao mencionar que sua gestão não será complacente com ‘golpe’.

Confira:

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar