Bolsonaro diz estar “no limite das quatro linhas” e que Moraes “ignora direitos básicos da Constituição” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Jair Bolsonaro concedeu entrevista à Rádio Jornal de Pernambuco, nesta quinta (26), e disse que a decisão do presidente do senado, Rodrigo Pacheco, de não levar adiante o pedido de impeachment que encaminhou contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), seguiu uma orientação da advocacia da casa, e que os fatos foram ignorados.

Bolsonaro disse que Moraes "faz acusações e manda prender sem provas e que desrespeita direitos básicos como o direito de ir e vir e a liberdade de expressão", ao prender jornalistas e aqueles que simplesmente emitem opiniões contrárias.

O presidente da República também fez forte crítica ao ministro Luís Roberto Barroso, pela decisão do TSE, de desmonetizar os canais de comunicação que tem uma linha semelhante à dele (conservadores), ignorando o “outro lado”.

O presidente disse que já está “no limite das quatro linhas”

Veja o vídeo:

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

>https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar