Marcel sai em defesa da liberdade de expressão e detona "censura" imposta pelo TSE (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O deputado federal Marcel van Hattem fez um duro pronunciamento na Tribuna da Câmara, onde manifestou sua profunda preocupação com o futuro do país, principalmente quanto à liberdade de expressão.

O deputado aproveitou para comentar a recente decisão monocrática proferida pelo corregedor do TSE, ministro Luís Felipe Salomão, que determinou a censura de canais conservadores como o próprio Jornal da Cidade Online, através do confisco de renda.

“Nós não podemos tolerar — e me perdoe trocadilho, porque estamos falando de declínio da tolerância —, num Estado de Direito, numa República como a nossa, em que temos garantias constitucionais, que esse tipo de censura acabe sendo estabelecida em determinados meios que são novos e que estão dando oportunidade para pessoas que não eram antes ouvidas pelos meios tradicionais de exporem as suas opiniões e assim também terem retorno financeiro sobre isso”.

Van Hattem defendeu o direito de expressão e o uso das mídias alternativas:

“Não é função do Estado exercer esse tipo de curadoria nem na mídia tradicional nem nessa nova mídia alternativa, que tem feito tanto bem para o País e o mundo dando voz para tantas novas pessoas”, apontou ele.

Confira:

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar