"Supremo é o povo brasileiro", dispara Onyx, convocando população para dia 7 (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Nesta sexta-feira (03), durante seu discurso na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), ministro do Trabalho e Previdência Social, Onyx Lorenzoni, falou sobre a importância das manifestações do dia 7 de setembro.

Ao falar sobre os valores defendidos pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, Onyx discorreu sobre a "verdade" e a "liberdade":

“A verdade demonstra que é possível fazer as coisas direito, a verdade nos encaminha para compreender que, mais importante do que a nossa vida, é esse valor que está estampado aqui, chamado Liberdade”, apontou ele.

E aproveitou para lembrar que a liberdade é uma das principais pautas das manifestações que estão sendo organizadas para o dia da Independência

“E é isso que nós vamos fazer no dia 7. No dia 7 nós vamos todos para a rua, no dia 7 nós vamos de verde e amarelo. No dia 7 nós vamos mostrar o povo ordeiro, as nossas famílias [...]
Nós vamos levar nossa alma, o nosso coração para as ruas do Brasil, para que fique muito claro que ‘Supremo’ é o povo brasileiro.
Não pode, nenhuma pessoa, por maior a sua arrogância, por maior a sua prepotência, por maior que seja o destemor a Deus, ela achar que está acima do bem e do mal”, salientou ele.

Confira:

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar