Marta: O PT instituiu um sistema de corrupção. Só conseguiu ver isto em 2015?

Que o PT é um partido que se chafurdou no mar de lama da corrupção, não há a menor dúvida. Todo mundo sabe disso, exceto a militância raivosa, que não enxerga porque é ‘míope’.


Diante disso, todo mundo pode acusar o PT de ser um partido corrupto. Marta Suplicy, não pode.

Marta se filiou ao PT em 1981. Foi deputada federal, prefeita de São Paulo, ministra de Lula, ministra de Dilma e senadora.

Portanto, participe de toda a história petista, antes e depois da conquista do poder.

Foi ministra do turismo de Lula e ministra da cultura de Dilma.

Está condenada pela Justiça.

O serviço prestado à prefeitura de São Paulo, sem licitação, por uma entidade da qual Marta Suplicy foi sócia fundadora e, segundo a sentença ‘era intimamente ligada’, foi o motivo fundamental para a condenação por improbidade administrativa e suspensão dos direitos políticos por três anos, o que, inclusive pode inviabilizar a participação da ex-prefeita nos próximos pleitos eleitorais (veja aqui).

Ademais, foi beneficiária direta das gestões petistas. Não pode falar nada. Vivenciou todos os desmandos.


Alguém diria, mas ela deixou o PT.

Ora, deixou em abril de 2015, com o barco à deriva.

E se abrigou no PMDB, de braços dados com Renan, Jucá e Sarney.

Qual a diferença?

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política