Com um vocabulário impregnado de ódio, Diogo Mainardi confessa: “Sou digno de dó”

Ler na área do assinante

O jornalista Diogo Mainardi parece que realmente abandonou de vez o jornalismo.

Ele continua escrevendo, mas notoriamente sem qualquer compromisso com a notícia e a verdade.

Virou um mero ativista político, que ataca insanamente o presidente Jair Bolsonaro.

Interesses inconfessáveis destruíram a sensatez e acabaram com qualquer resquício de isenção e amor próprio.

Mainardi é digno de pena.

Ele próprio confessa isso…

Eis o que escreveu hoje (14):

“O fiasco deste domingo foi uma derrota e tanto, e sou digno de dó”.

Confira:

Não tenho pena.

Fez por merecer.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

da Redação
Ler comentários e comentar