Caetano Veloso é derrotado em ação judicial contra Feliciano

Ler na área do assinante

Caetano Veloso, que havia movido ação por injúria, difamação e calúnia contra o deputado federal Marco Feliciano, perdeu o processo.

O cantor havia ingressado com a ação após o deputado tê-lo acusado de estupro de vulnerável, em 2017, ao comentar o início de seu relacionamento com a atriz Paula Lavigne. A atriz tinha apenas 13 anos, enquanto Caetano já tinha 40.

O deputado ainda chamou o cantor de pedófilo e afirmou que ‘estupro é crime imprescritível’.

Caetano alegou, no seu pedido, que sua imagem havia sido prejudicada com as acusações do pastor e deputado. Porém, o juiz Nelson Ferreira Junior, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF), entendeu que as manifestações de Feliciano fazem parte do ‘exercício legítimo da liberdade de criticar’.

Além de não ter seu pedido atendido, o cantor ainda terá que pagar os honorários aos advogados do parlamentar e eventuais custas processuais.

Cabe recurso.

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar