Maduro está no México e pode ser preso por ordem dos EUA

Ler na área do assinante

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, desembarcou no México, no último sábado (18), para participar da reunião de cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), e pode ser detido por ordem dos EUA .

A presença de Maduro não era esperada no evento, já que desde março de 2020, quando o Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América acusou o presidente venezuelano de crimes como ‘narcoterrorismo’, narcotráfico e porte de armas, Maduro tem evitado deixar a Venezuela.

Os EUA também ofereceram US$ 15 milhões pela captura do ditador venezuelano.

Esta é a primeira viagem oficial de Maduro desde a acusação feita pela Justiça dos EUA, e o anúncio foi feito pela diplomacia mexicana.

Maduro celebrou a chegada pelo Twitter.

“Aterrissamos no México! Nós viemos trazer a verdade da Venezuela, de Bolívar, de Chávez e dos libertadores!”, afirmou.

Será que o povo venezuelano, finalmente, se livrará das garras desse ditador?

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: UOL

da Redação
Ler comentários e comentar