Bolsonaro expõe o conchavo petista com a Venezuela e revela "rombo" nos cofres públicos (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na última segunda-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro usou suas redes sociais para divulgar um vídeo com informações sobre as obras financiadas pelo BNDES na Venezuela, entre os anos de 2003 e 2015, durante os governos do PT.

No vídeo são apresentados dados sobre os financiamentos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico para obras no país vizinho:

“Das dez construções mais caras feitas no exterior, quatro estão na Venezuela. As obras, financiadas pelo BNDES, somam R$ 10 bilhões. De 2003 a 2015, o banco financiou quase US$ 14,5 bilhões para as principais empreiteiras brasileiras realizarem obras no exterior. Os governos dos ex-presidente Lula e Dilma Rousseff foram bastante generosos com os amigos estrangeiros. As obras criaram empregos lá fora, ajudaram governos a se promover, e ainda financiaram campanhas de vários políticos.
O dinheiro, liberado sem restrições pelo ex-presidente Lula, por meio do BNDES, facilitava a relação entre os dois países. A Venezuela nem precisou oferecer garantia de pagamento dos empréstimos.
Na Venezuela, o BNDES financiou nove obras em empréstimos de mais de US$ 3.339.148.212, mais de R$ 10 bilhões, entre 2001 e 2015. Na construção de um hospital com 160 leitos, 12 UTIs, pronto-socorro e todas as demais estruturas é preciso desembolsar R$ 30 milhões. Para colocar em funcionamento, mais R$ 32 milhões por ano. Seria possível construir 300 hospitais e, pelos próximos 31 anos, pagar todas as despesas para manter as unidades funcionando, atendendo cerca de 600 pacientes por dia”.

Ao compartilhar o vídeo, o presidente ainda legendou:

“- Obras na Venezuela com dinheiro brasileiro.
- O Brasil não vem recebendo as parcelas do empréstimo”.

Assista ao vídeo:

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar