Com os "dias contados", Luis Miranda pede socorro à CPI para não ser cassado

Ler na área do assinante

Na última segunda-feira (20), o deputado federal Luis Miranda pediu, aos coordenadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, apoio para evitar a sua cassação.

Miranda foi denunciado pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) ao Conselho de Ética da Câmara, por quebra de decoro parlamentar, após depoimento na CPI, no dia 25 de julho quando, junto ao seu irmão, Luis Ricardo Miranda, chefe de importação do Ministério da Saúde, relataram terem se reunido ao presidente Jair Bolsonaro, em 20 de março. Ambos teriam levado ao presidente informações acerca de problemas na negociação da aquisição da vacina indiana Covaxin.

A denúncia feita pelo PTB acusa Miranda de ‘aliar-se a pessoas e utilizar situação de perigo circunstanciada pela pandemia mundial da Covid-19, a fim de criar uma narrativa com o objetivo de prejudicar o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro’.

Em seu depoimento à CPI, Miranda disse que contou a Bolsonaro, em encontro no Palácio da Alvorada, tudo o que se passava no Ministério da Saúde a respeito de uma possível compra superfaturada da vacina. E que o presidente respondeu que tomaria providências, e não tomou. O deputado também deu a entender que havia gravado a conversa do encontro.

Porém, o atual pedido de socorro à CPI, feita por Miranda, coloca em dúvida esta informação, já que a apresentação da suposta gravação acabaria com a acusação feita pelo PTB.

O Conselho de Ética, através do relator do caso, o deputado Gilberto Abramo apresentará seu parecer. Em caso do parecer ser a favor da cassação, deverá ser remetido para votação no plenário.

Ao que parece, o deputado está com os "dias contados".

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Metrópoles

da Redação
Ler comentários e comentar