Brasil Paralelo é avisado sobre reportagem “sem fundamento” da BBC Brasil e já adianta uma desmoralizante resposta (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O canal Brasil Paralelo (BP) publicou um vídeo na noite deste sábado (25), informando que recebeu um contato do canal de uma suposta jornalista da BBC Brasil, avisando sobre a produção de uma reportagem sobre canais de Youtube que influenciam politicamente pessoas em nosso país.

Segundo a BBC, a BP será incluída na reportagem, após ter recebido relato de um jovem de 17 anos de idade, que diz ter sofrido ‘lavagem cerebral’, ao assistir conteúdos do canal, bem como um outro em que uma pessoa afirma que sua mãe teria mudado o comportamento com os materiais do canal e ainda o de um grupo de pais que teria reclamado do fato de uma escola ter transmitido os conteúdos para os alunos.

E nestes conteúdos, segundo a tal 'jornalista' que está produzindo a matéria, a Brasil Paralelo tem abordagem anti-cientifica e anti-historiográfica em sua criação, o que seria o principal motivo para incluir o canal na reportagem.

No vídeo, a Brasil Paralelo desconstrói, com dados consolidados, a informação da repórter da BBC Brasil, explicando como todo o conteúdo é realizado utilizando o trabalho e a colaboração de centenas de profissionais e diversos especialistas, historiadores, doutores e pessoas de áreas distintas, reconhecidos até mesmo fora do país, além de metodologias, com profundidade, técnica e responsabilidade.

A Brasil Paralelo demonstra ainda que há, na produção da matéria, uma clara perseguição ideológica, que denomina como ‘falácia anti-científica’. A prova apresentada no vídeo é escancarada nos conteúdos duvidosos e carregados de narrativas publicados pela própria 'jornalista' “Juliana Gragnani” (nome que consta no material apresentado no vídeo), e no histórico pessoal de publicações nas redes sociais, de viés notoriamente esquerdista e voltado à militância política.

Vale a pena assistir o vídeo e compreender a absurda perseguição que a Brasil Paralelo está sofrendo, em um claro exemplo do que todos os demais canais considerados conservadores, como o próprio Jornal da Cidade Online, também sofrem.

Se não bastasse a covarde censura praticada por quem deveria justamente defender a Constituição, segue também, livremente, a ‘inquisição’ praticada pelos canais tradicionais, que se julgam os donos da notícia e do que consideram verdade.

Veja o vídeo:

Quebraram as nossas pernas!

O Jornal da Cidade Online está sofrendo ataques escancarados.

“Velhas raposas” da política, através da malfadada CPI, comandada por figuras nefastas como Aziz, Renan e Randolfe quebraram nosso sigilo bancário. Nada irão encontrar.

O TSE, por sua vez, determinou a desmonetização do JCO. Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal. Quebraram nossas pernas!

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Sua colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça a sua doação:

Ou faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar