Deputados se unem, saem em defesa de Hang e detonam a CPI (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na sessão do Congresso Nacional, na última quarta-feira (29), os deputados federais Luis Lima, Carlos Jordy e Marcel van Hattem criticaram o modo como a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, vem sendo conduzida pela sua Mesa.

Luis Lima foi o primeiro a apontar a falta de respeito com que o depoente Luciano Hang, empresário dono das lojas Havan, foi tratado durante o seu depoimento:

"A CPI convidou o empresário Luciano Hang a depor, um empresário que nada tem a ver com compras de vacina, com hospitais, com política pública voltada para a saúde. É simplesmente um empresário que gera 22 mil empregos diretos e 120 mil empregos indiretos. É impressionante como falta respeito ao comando da CPI da Covid no Senado Federal. O senador Omar Aziz [presidente da CPI], o tempo todo desrespeitoso com o senhor Luciano Hang, de 58 anos", apontou Lima.

E o deputado Carlos Jordy questionou o motivo pelo qual Hang vem sendo alvo da CPI:

“Porque ele está sendo perseguido? Porque é apoiador do presidente Bolsonaro. É uma vergonha, ultrajando até o nome de sua mãe!”, disparou Jordy.

Já o deputado Marcel van Hattem demonstrou sua revolta pelo tratamento dado aos depoentes:

“Chega, senhores senadores! O que está acontecendo naquela CPI é absurdo. A forma como interpelam aqueles eu estão sentado para depor: Interrupção no microfone o tempo todo, deboche...”

E falou especialmente sobre o tratamento dispensado ao empresário Luciano Hang,

“O empresário Luciano Hang não está sendo respeitado nem pelo passamento, pela morte de sua própria mãe. Não são capazes, os senadores que ali estão, em sua maioria, inclusive o presidente, e o relator, Renan Calheiros, que dispensa apresentações, não são capazes de respeitar o luto de uma pessoa. Não importa se gostam da pessoa ou se não gostam da pessoa”, ponderou Marcel.

E aproveitou para apontar a hipocrisia daqueles que fazem parte do comando da CPI:

“Aquilo de que acusam o senhor Luciano Hang, é o que eles mesmos estão promovendo, que é a cultura do ódio durante uma pandemia”.

Confira:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar