Bandeira do MST é destruída por “ex sem-terra arrependido” e Bolsonaro repercute (veja o vídeo)

Ler na área do assinante
Mais 800 títulos distribuídos no sul da Bahia, no assentamento Rosinha do Prado. É o fim da escravidão para esses brasileiros.

Com este comentário no twitter, o presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo em que um grupo de agricultores, “ex sem-terra” e arrependidos de terem acreditado por anos nas mentiras do MST e dos governos de esquerda, ridicularizam uma bandeira do movimento, a destroem e ainda simulam um enterro com vários símbolos que antes ostentavam como em uma verdadeira religião.

O governo vem, desta forma, acabando com a ideologia que levou destruição, desordem e violência ao campo, ocupando terras produtivas, atacando e matando agricultores e, principalmente, se locupletando com governos que prometeram e jamais cumpriram suas promessas.

Veja o vídeo:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar