Depois da "trama" de Alcolumbre ser revelada, Bolsonaro sobe o tom (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Ao comentar sobre a demora de Davi Alcolumbre, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em determinar a data para a sabatina de André Mendonça, o presidente Jair Bolsonaro disse que a espera chega a ser uma ‘verdadeira tortura’.

A indicação à vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), feita por Bolsonaro, ocorreu em julho e, até o momento, Alcolumbre não definiu a data para a sabatina. Rumores dizem que sua intenção é de que o presidente opte por trocar a indicação.

Em uma entrevista à Rádio Jovem Pan, na última terça-feira (12), Bolsonaro deixou clara sua insatisfação com a situação:

“Não é justo. É uma verdadeira tortura contra um chefe de família. Mendonça é evangélico, um compromisso meu, e tem uma bagagem jurídica enorme”, desabafou ele.

O presidente ressaltou que não pretende alterar a indicação, e que a demora na definição da data é para atender à interesses de alguns senadores:

“Não tem motivo. Há interesse por partes de alguns senadores de colocar um nome mais simpático a eles”, apontou ele, que ressaltou, ainda, que Mendonça não será favorável a teses de esquerda, como a liberação do aborto ou a queda do marco temporal da agricultura, motivo pelos quais senadores não estão satisfeitos com sua indicação.

Confira:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar