Um rastro de destruição e ideologia de esquerda no ataque do MST a sede da Aprosoja (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O diretor da Aprosoja Minas Gerais e membro da diretoria da Aprosoja Brasil, Fábio de Sales Meireles Filho, flagrou o momento em que dezenas de membros do Movimento dos ‘Trabalhadores’ Sem Terra (MST) ocuparam, depredaram e picharam toda a sede da entidade em Brasília.

São três vídeos, em sequencia.

O primeiro, no momento em que, segundo Meireles “cerca de 60 pessoas chegaram com pedras, pés-de-cabra e serras para cortar metal” e iniciaram o quebra-quebra e o vandalismo.

No segundo, o resultado da destruição e as pichações – a maioria, dizeres ofensivos e ataques ao presidente Jair Bolsonaro – do lado de fora.

No terceiro, mais áreas depredadas e pichações na área interna do edifício, onde funcionam ainda outras entidades e o o Canal Rural (TV).

As cenas são realmente lamentáveis e é impressionante a total falta de compreensão da realidade dos que protagonizaram os fatos, o que se comprova facilmente, não apenas pelas imagens, mas pelas frases ditas pelos que estão depredando o edifício, durante o ato de violência.

Assista os três vídeos, fique atento ao que Fábio Meireles narra e se assuste com o grau de ideologização a que foi submetida parte de nossa sociedade, em 16 anos de PT no poder!

Veja os vídeos:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar