Pressão sobre Alcolumbre aumenta, deve ficar insustentável, mas ele ainda esperneia

Ler na área do assinante

A situação da empreitada abraçada por Davi Alcolumbre, barrando a sabatina de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF), está caminhando para se tornar absolutamente insustentável.

O escândalo denunciado recentemente, envolvendo um desembargador e uma ex-servidora da Justiça Eleitoral do Amapá, colaborou decisivamente para desmoralizar completamente o presidente da CCJ.

E agora, para piorar a situação, um grupo de senadores acaba de entregar ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), um requerimento em favor da imediata sabatina de Mendonça.

O documento conta com as assinaturas de 17 integrantes titulares da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa e também com os nomes de 16 suplentes.

Mesmo diante da pressão, Alcolumbre ainda resiste e, nesse sentido, emitiu uma nota para falar do assunto.

No texto, o senador diz que a “nomeação do ministro do Supremo Tribunal Federal” é “um ato complexo” e que não aceita “ser ameaçado, intimidado, perseguido ou chantageado com o aval ou a participação de quem quer que seja”.

É um autêntico cara de pau... Reclama de chantagem, quando é ele o chantagista.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar