Bolsonaro escancara as medidas absurdas de governadores e revela "o que não te contam"

Ler na área do assinante

Na sexta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro usou suas contas nas redes sociais para contestar aqueles que criticam a atuação do governo federal no combate à pandemia.

Sobre o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE), destinado ao desenvolvimento e o fortalecimento dos pequenos negócios, que concede linha de crédito para empréstimos, o presidente divulgou:

“Mais sobre o que não te contam:
- Pronampe já disponibilizou R$ 25 bilhões para micro e pequenas em 2021
- Emprego e renda em 2020, o Pronampe atendeu 468 mil empresas”, apontou ele.

Em outra postagem, Bolsonaro falou sobre o auxílio emergencial concedido pelo governo federal durante a pandemia:

“Cerca de 9 meses de auxílio emergencial equivaleu a 15 anos de bolsa família e a descoberta de milhões de pessoas ‘invisíveis’, as quais serão incluídas em programas de renda e emprego com a breve aprovação do Programa Renda Brasil, pelo Congresso Nacional”.

E o presidente ainda salientou a agilidade do governo em lidar com os problemas surgidos, principalmente em razão do ‘Fique em Casa’ e os ‘lockdowns’ impostos por governos estaduais e municipais:

“Mesmo com o catastrófico ‘fique em casa que a economia a gente vê depois’, imposto por governadores e prefeitos sem a mínima razoabilidade, o Governo do Brasil sempre se preocupou e agiu nos problemas imediatamente”, afirmou.

Confira:

da Redação
Ler comentários e comentar