Em novo vídeo, Jefferson diz que ora em "desfavor de Xandão" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, enviou, aos seus aliados, um vídeo onde afirma que ‘ora em desfavor de Xandão’.

O vídeo, enviado na última quinta-feira (14), faz referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, a quem Jefferson frequentemente se refere como 'Xandão'.

Roberto Jefferson esteve internado por mais de um mês no Hospital Samaritano Barra, mas teve alta e retornou ao presídio na quinta-feira, sendo conduzido por uma escolta policial.

No vídeo divulgado, Jefferson aparece segurando uma Bíblia, e faz uma leitura do Salmo 109, no qual Davi fala das maldições que os iníquos e enganadores merecem.

“Estejam seus pecados sempre, Xandão, perante o Senhor”, parafraseou Jefferson, no vídeo.

O Salmo citado é conhecido por conter algumas das mais severas maldições da Bíblia.

“Ele gostava de amaldiçoar. Venha sobre ele a maldição. Oro em desfavor do Xandão. Não tinha prazer em abençoar. Afaste-se dele a benção. Oro em desfavor de Xandão [...]
Seja o meu acusador, Xandão, vestido de desonra, que a vergonha o cubra como um manto. Pai, eu oro em desfavor de Xandão. Esmague a tirania, Pai. Não se faz concessão, Pai aos tiranos e à tirania”, orou Jefferson.

O ministro Alexandre de Moraes, ao ser informado sobre a melhora de saúde do presidente do PTB, determinou seu ‘imediato retorno’ ao presídio:

“Diante das informações de que o quadro de saúde de Roberto Jefferson Monteiro Francisco evoluiu de modo a permitir sua alta médico-hospitalar, conforme consignado pelo Hospital Samaritano Barra (local indicado pelo próprio custodiado para o seu tratamento), é certo que o retorno ao cárcere, neste momento processual, é a medida que se impõe, desde que, efetivamente, a alta hospitalar seja concedida pela equipe médica responsável”, determinou Moraes.

Assista ao vídeo de Roberto Jefferson:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça! Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar