Moraes enquadra hospital e dá 24 horas para diretor explicar vídeo de Jefferson: “Oro em desfavor de Xandão” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O diretor do Hospital Samaritano da Barra tem 24 horas para se manifestar sobre um vídeo em que Roberto Jefferson diz que reza contra o ministro Alexandre de Moraes.

No vídeo, Jefferson segura uma Bíblia, cita diversas vezes Alexandre de Moraes e afirma:

“Oro em desfavor de Xandão. Seja vestido com a vergonha e esmague, Pai, a tirania”.

O ministro deu o mesmo prazo de 24 horas para que o secretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro também apresente suas explicações.

Na semana passada, o presidente do PTB deixou o hospital no Rio onde esteve internado.

Ele saiu escoltado por policiais federais para voltar à penitenciária de Bangu 8.

Moraes, um dia antes, determinou o “imediato retorno” para a prisão, após receber informações do hospital de que ele já estava em condições de receber alta.

Veja o vídeo:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar