Renan recua e retira acusações esdrúxulas e mentirosas de genocídio e homicídio contra Bolsonaro

Ler na área do assinante

O limite na ‘vagabundagem’ de Renan Calheiros foi imposto pelos próprios senadores que compõem a malfadada CPI da Pandemia.

Renan foi obrigado a recuar em seu medíocre e mentiroso relatório.

Ele acaba de retirar as propostas de indiciamento do presidente Jair Bolsonaro nos crimes de genocídio contra a população indígena e homicídio.

Omar Aziz informou a imprensa.

Renan vai fazer a leitura do relatório nesta quarta-feira (20).

O “lixo” vai vir à tona pela metade.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

da Redação
Ler comentários e comentar