Destemido, Augusto Nunes diz sobre Moraes: "Ele tem que ser detido" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Haja coragem!

No atual momento que vive o país, qualquer crítica ao Supremo Tribunal Federal (STF) pode render dissabores a seu autor.

O respeitado jornalista Rodrigo Constantino, com um certo ar de deboche, disse que não critica mais o STF.

“Não tenho aptidão para ser mártir”, explicou.

Em contrapartida, o renomado jornalista Augusto Nunes, sem temer retaliação, não economiza palavras em seus ataques.

Nesta terça-feira (26), comentando a questão envolvendo o jornalista Allan dos Santos, que teve mandado de prisão e pedido de extradição expedidos pelo ministro Alexandre de Moraes, Augusto Nunes disparou críticas pesadas:

“O Allan dos Santos não cometeu crime nenhum. Quem está inventando crime é o Alexandre de Moraes, que virou agora o novo autor ou reescritor do Código Penal. Não existe crime de opinião. Que crime cometeu o Allan? Que perigo ele representa? Por que ele tem que ser extraditado? Por ter exercido o direto à liberdade de opinião. Foi só isso que ele fez.”

O jornalista prosseguiu e com veemência disse que alguém precisa deter Alexandre de Moraes.

“Alexandre de Moraes não é o ditador do Brasil. Nós não demos a ele poder nenhum. Ele tem que julgar como um juiz. Se ele não consegue fazer isso, ele tem que ser detido.”

Veja o vídeo:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar