Juízes Federais se organizam e promovem ato contra lei que visa blindar Renan

Os juízes federais, através da Associação da classe, resolveram sair a campo contra a lei de abuso de autoridade.


O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros é o principal interessado na aprovação.

O objetivo da lei é enquadrar delegados, agentes da PF, promotores, juízes, desembargadores e ministros de tribunais superiores.

Especialistas ouvidos são categóricos sobre tal excrescência: se já estivesse em vigor, essa Lei teria impedido as principais ações da Operação Lava Jato e o Brasil continuaria atolado no lamaçal de corrupção e impunidade.

Para se contrapor a este absurdo, os Juízes Federais do Brasil vão realizar um ato nesta quinta-feira (28) contra a indecente proposta.

O texto se aprovado, fatalmente cria enormes embaraços para a livre atuação de membros do Ministério Público e da magistratura e certamente prejudicará a Lava Jato.

Devido a isso, Curitiba foi a cidade escolhida para o evento. Lá está concentrada a maior parte da Lava-Jato.

Além dos juízes federais, o ato contará também com apoio de magistrados estaduais e procuradores da República.

da Redação

Com informações de Helder Caldeira

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça