Primo de Davi Alcolumbre, preso em operação contra o tráfico de drogas, consegue liminar e será solto

Ler na área do assinante

O ex-deputado estadual Isaac Alcolumbre, apontado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal por um suposto envolvimento numa organização criminosa internacional de tráfico de drogas, conseguiu a revogação de sua prisão preventiva.

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Cândido Arthur Ribeiro Filho, concedeu a liminar.

De acordo com a PF, um aeródromo localizado em Macapá, de propriedade do político, servia como base de apoio para aeronaves suspeitas de tráfico de drogas. Aviões provenientes de Colômbia e Venezuela abasteciam na pista de pouso e depois partiam com a droga para outros Estados.

De acordo com a decisão do magistrado que concedeu o benefício, não há evidências de que as condutas atribuídas ao primo de Davi Alcolumbre voltem a acontecer.

Isaac Alcolumbre deve ser solto ainda nesta quarta-feira (27).

da Redação
Ler comentários e comentar