Cachoeira e Cavendish retornam para o xilindró

Felizmente a Justiça do Rio de Janeiro tomou uma decisão acertada e determinou que o empreiteiro Fernando Cavendish e o contraventor Carlinhos Cachoeira retornem para a cadeia.


Por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (27) o TRF da 2ª região entendeu que a manutenção da prisão preventiva ‘É medida necessária para reafirmar preventivamente a ordem pública, amenizar a sensação de impunidade e reafirmar a credibilidade da Justiça’.

A decisão determinou ainda o retorno para a prisão dos empresários Adir Assad e Marcelo Abbud e também de Cláudio Abreu, funcionário da construtora Delta.

O Ministério Público defendeu no julgamento que a permanência dos acusados em liberdade representa risco de voltarem a praticar os crimes e pediu a devolução para o estado dos recursos ‘saqueados dos cofres públicos’.

A Delta, construtora de Cavendish, é acusado do desvio de R$ 370 milhões de obras públicas. 

Cachoeira, Assad e Abbud eram os responsáveis por criar as empresas fantasmas que lavavam os recursos públicos, por meio de contratos fictícios, que eram sacados em espécie, para o pagamento de propina a agentes públicos, de forma a impedir o rastreamento das verbas.

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça