Exclusivo: Coordenador da Fundação Palmares denuncia compra de livros “superfaturados” durante o governo Lula (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista, o Coordenador-Geral do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra da Fundação Palmares (CNIRC), Marco Frenette, aproveitou para falar do acervo histórico da Palmares, área da qual é responsável.

Frenette revelou que durante um levantamento feito pela equipe da fundação foi verificado compra de livros, para o arquivo cultural da Palmares, com valores muito mais elevados do que os normais.

“Eu achei aqui cheques e o contrato de compra e venda dos livros. Esses livros foram comprados no ano de 2003 por um valor de 5 à 6 vezes, conforme o livro, acima do mercado.”, disse o servidor.

Tal fato causou estranheza e levantou suspeitas entre a equipe e o coordenador.

“A Comissão de Cultura está com cópia do cheque e do contrato de vendas. Eu vejo ainda vários jornalistas e políticos dizendo que foram doações. Não é doação não.”, afirmou Frenette.

O titular do CNIRC foi nomeado para o cargo em abril deste ano. Desde então, vem promovendo um “expurgo marxista” no acervo da Palmares. Tal que na sede da Fundação há uma sala com todos os livros de cunho esquerdista, a qual foi batizada de Acervo da Vergonha.

Alexandre Magnani. Jornalista.

Confira a entrevista:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar