Presidente do Bradesco agora é réu na Zelotes

O presidente do Bradesco Luiz Carlos Trabuco e mais nove pessoas tiveram as respectivas denúncias oferecidas pelo Ministério Público recebidas pela Justiça Federal, num desdobramento da Operação Zelotes.


O banqueiro é acusado de corrupção no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

De acordo com as investigações os executivos do Bradesco teriam atuado no sentido de anular um débito de 3 bilhões de reais com a Receita Federal.

Relatório da Polícia Federal aponta reunião de Trabuco e mais dois executivos da instituição com emissários da organização criminosa que atuava no Carf.

Os processos-crimes versam sobre a prática de tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A instituição bancária, em nota, nega as acusações.

 “O Bradesco reitera sua convicção de que nenhuma ilegalidade foi praticada por seus representantes e, em respeito ao rito processual, apresentará oportunamente seus argumentos ao poder Judiciário’.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça