“O General Paulo Sergio Nogueira está fazendo uma limpeza nas máfias infiltradas no Exército”, afirma jornalista (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Para o jornalista Alfredo Bessow, é fundamental que haja uma reforma geral para que Jair Bolsonaro possa ser reeleito.

O analista gaúcho destaca o papel de um general do Exército que tem se esforçado para enfrentar as diversas máfias infiltradas nas Forças Armadas:

“Hoje temos um comandante que está fazendo frente a diversas máfias dentro do Exército, o General Paulo Sergio Nogueira de Oliveira.
É preciso fazer uma limpeza, e eles estão fazendo isso pelas beiradas”, ressaltou, em entrevista à TV JCO.

Alfredo Bessow acredita ainda que a melhor opção para o presidente Jair Bolsonaro seria a de filiação ao PP. Segundo o analista político, é preciso analisar o contexto de acordo com a realidade política, além de calcular o potencial do partido em eleger governadores:

“Se olharmos o quadro eleitoral, tivemos a inversão de tudo. Elegemos um presidente com a pauta conservadora antes de ter uma visão conservadora da sociedade e de um partido conservador.
Eu, particularmente, gosto mais da ideia de o presidente ir para o PP. Temos que ser realistas. Ele está de olho na estrutura, na banca e em alguns candidatos a governador altamente competitivos”, comentou.

“Hoje só existem dois crimes no Brasil: discurso de ódio e fake news”

Ao citar o jornalista Paulo Briguet, o publicitário Luiz Galeazzo – o "OiLuiz" do Twitter, que também participou do bate-papo – escancara a realidade.

O país sofre com insegurança jurídica, onde apenas questões contra os conservadores são levadas à corte. Luiz também convida a sociedade a analisar as decisões recentes do procurador que libertou o primo do senador David Alcolumbre.

“Como bem disse Paulo Briguet, hoje no Brasil só existem dois crimes: discurso de ódio e fake news. Não pode falar aquilo que a esquerda não quer ouvir. A pandemia também foi usada para soltar bandidos e prender trabalhadores...
Agora, é preciso observar quem foi o desembargador que soltou o primo do David Alcolumbre. Ele tem o hábito de facilitar a vida de quem tem um histórico questionável, como o caso do advogado do Adélio”, relembrou.

Ainda sobre a conjuntura jurídica nacional, Alfredo Bessow faz uma revelação estarrecedora sobre as universidades brasileiras. Em um caso em particular, o analista conta que alunos de Direito tinham suas mensalidades pagas por chefes do tráfico de drogas.

“Vivemos em um estado dominado pelo ativismo judicial. Uma vez encontrei com um conhecido no aeroporto e ele disse que havia se formado em Direito.
Ele revelou que em sua sala de aula havia quatro estudantes mantidos pelo tráfico de drogas. Conheço muitos bons juízes, mas o problema fica para o resto (que não é bom). E se eles prevaricam, a única pena é ser aposentado, com direito a benefícios. Isso tem de acabar”.

Confira:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar