Sucesso em leilão da Dutra deve abrir portas para a modernização definitiva das rodovias brasileiras (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Após o leilão que concedeu, por mais 30 anos, a Via Dutra e a Rio Santos ao consórcio CCR, na última sexta-feira (29), foi criada uma grande expectativa sobre um processo que pode “contagiar positivamente” toda a rede de rodovias federais do país, levando à modernização definitiva de um setor que já vem recebendo atenção e fortes investimentos do governo Bolsonaro.

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI) o leilão da Dutra foi realmente um sucesso. A rodovia que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, em conjunto com um trecho da Rodovia Rio-Santos, é a principal via de circulação de mercadoras do país, responsável por “transportar” o equivalente à metade de todo o PIB nacional.

Mas a novidade, é que a concessão, com valor de outorga próximo de R$ 1,8 bilhão, um recorde, desta vez, foi além nas exigências apresentadas pelo governo. A CCR vai reduzir a atual tarifa de pedágio em 15,31%, na média, chegando a até 35% de desconto em algumas praças.

Além disso, foi assumido um compromisso de investimentos na ordem de R$ 15 bilhões, com a duplicação de vias, a construção de novas marginais, e a modernização de todo sistema viário, com iluminação em Led, mais áreas de segurança, ampliação de monitoramento em tempo real e até a disponibilização de uma rede Wifi em todo o trajeto.

A CCR também vai investir em sistemas de cobrança automática de pedágio, sem cabine e sem a necessidade de parada do veículo, conhecidos como free-flow próximos 30 anos em duplicações, novas faixas, vias marginais, manutenção das rodovias e em inovações como o free-flow e o sistema de monitoramento inteligente para a detecção de acidentes.

O governo tem programados os leilões de mais rodovias, até o final de 2022, entre eles a BR-381/262, entre Minas Gerais e Espírito Santo, e as BRs BR-116/493 (RJ/MG), 040/495 (MG/RJ), 158/155 (MT/PA), 135/316 (MA), 364 (MT/RO) e Rodovias Integradas do Paraná.

O ministério da Infraestrutura divulgou um vídeo institucional sobre a concessão da Dutra, com detalhes sobre os novos investimentos e a modernização.

Assista:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar