Com o fim do monopólio, Globo terá o menor número de jogos de futebol das últimas três décadas

Ler na área do assinante

A Rede Globo não vai exibir jogos de campeonatos estaduais em sua programação aberta em 2022. Sem caixa, a emissora teve que abrir mão e agora negocia a exibição dos estaduais apenas no modelo pay-per-view, para o Premiere.

Com isso, ela terá o menor número de jogos do futebol nacional na sua programação desde 1991.

A emissora que detinha, até a chegada de Bolsonaro ao poder, um quase monopólio das transmissões, teve que direcionar seu foco na TV aberta para a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro das séries A e B.

Ao todo, serão 48 datas de transmissões no ano que vem, como a própria emissora confirmou ao mercado publicitário. São 38 rodadas da liga nacional, mais dez do mata-mata que dá prêmios milionários aos clubes.

O pacote não conta jogos da Seleção Brasileira nem da Copa do Mundo do Catar, que são vendidos separadamente. Isso é menos da metade dos jogos que a Globo transmitiu em 2017, por exemplo.

Os dois pilares da TV Globo sempre foram as novelas (voltadas ao público feminino) e o futebol, voltado, majoritariamente, ao público masculino.

Com isso as rachaduras nos alicerces do Grupo Globo de Comunicação ficam cada vez mais expostas.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar