Carreira política de Rose não resiste a quebra de sigilos bancário e fiscal

Pode-se dizer que Rose Modesto foi longe. Sem dúvida, pelo que já aprontou, foi muito longe...


A ‘Morena mais linda de Mato Grosso do Sul’, de vereadora, articuladora de um golpe nefasto contra a população de Campo Grande, ainda galgou o cargo de vice-governadora. Cresceu muito rápido...

O problema, que de todas as formas tentaram abafar, é que Rose deixou muitos rastros...

Declarações, gravações e certamente um injustificável saldo bancário.

A vice-governadora foi flagrada combinando divisão de dinheiro, provavelmente ilícito, promovendo nomeações na infame gestão do ‘irmão’ Olarte e articulando cargos.

Nas redes sociais circula o boato de que no ‘golpe’ levou 7 milhões de reais.

Não obstante sua ‘beleza’ inquestionável, não merecia tanto...

As quebras dos sigilos, serão a pá de cal na sua fulminante carreira carreirista.

É só aguardar.

Lívia Martins

liviamartins.jornaldacidade@gmail.com

da Redação

Comentários

Mais em Foco MS