Em entrevista ao 'canal do Doria', Moura perde a noção e comete gafe ao tentar lacrar, de novo (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Bajulado pela imprensa esquerdopata desde que voltou o Brasil, o ator Wagner Moura segue dando “entrevistas que não tem nada de bombásticas, mas são uma verdadeira bomba”, sempre na tentativa de lacrar.

Na ansia de atacar o governo e agradar seus amiguinhos lacradores – afinal, precisa garantir a audiência para seu novo filme - ele segue cometendo gafes.

A última (ou as últimas) foi em sua participação, nesta segunda-feira (1), no programa Roda Viva, da TV Cultura. TV pública mantida com dinheiro do imposto do cidadão paulista, mas que se transformou em um diretório eleitoral do governador João ‘calça apertada’ Doria.

“Geralmente os acusados de terrorista são os pobres, né? No Brasil, o MST é terrorista, o Black Lives Mater é terrorista”, disse Moura, enquanto fazia suposições sem sentido e “passava pano” para o Movimento Sem Terra.

Mas o pior veio mesmo quando ele disse que sabia o que era o verdadeiro terrorismo?:

“600 milhões de mortes, pra mim é terrorismo”, completou, se referindo e inflacionando “mil vezes” as vítimas do vírus chinês no Brasil.

O desespero é tanto que o ator resolveu “matar a população do país inteiro, 3 vezes”!

Veja o vídeo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar