Indiciada em CPI, Zambelli demonstra que decisão de Renan pode ter sido um “ato de vingança” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Carla Zambelli publicou um vídeo em que faz uma forte denúncia contra o senador Renan Calheiros, autor do relatório da CPI da Covid, que indiciou dezenas de pessoas, incluindo o presidente da República e parlamentares, entre eles a própria deputada.

No conteúdo, ela demonstra que o seu indiciamento pode ter sido um “ato de vingança”do senador alagoano. Como prova ela mostra uma série de atos e postagens realizadas por ela ou pelo movimento que representava, antes de ser eleita, o “Nas Ruas”, nos quais constavam, por exemplo o pedido de impeachment de Renan, em 2016, ou informações que poderiam incriminar ele e seu filho, o governador Renan Filho.

“Melina Freitas responde por nada mais nada menos do que 483 processos na justiça por desvio de 16 milhões de reais. Ela é secretaria de governo do Renan Filho”, diz Carla em um trecho do vídeo.

Há ainda, outros momentos em que ela confronta os dois políticos, e um mais recente, quando a deputada foi à justiça para impedir que Renan assumisse o posto de relator do colegiado.

Assista e tire suas conclusões. Zambelli é vítima de vingança dos Calheiros?

E você leitor, o que acha?

Veja o vídeo:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar