Secretário de Cultura detalha “farra” com dinheiro da Lei Rouanet e emudece jornalista de esquerda (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista concedida nesta segunda-feira (8), ao programa Opinião no Ar, da Rede TV, o secretário de Cultura do governo federal, Mário Frias, detalhou a absurda “divisão” dos valores destinados pela Lei Rouanet para o fomento a “supostos” projetos de arte e cultura, nos governos anteriores.

“30% de um projeto de lei foi pra propaganda, 15% para escritórios de advocacia, 50% para gestão de empresa. Sabe quanto fica para o investimento na cultura? Apenas 5%”

Explicou Frias, para supresa dos jornalistas que o entrevistavam, Luís Ernesto Lacombe, Sílvio Navarro e Amanda Klein.

O secretário citou ainda que, de um total de 48 bilhões de reais comprometidos por governos anteriores através da Rouanet, ele recebeu um passivo de 13 bilhões.

“A gente nem está discutindo a planilha, pois a gente sequer tem a comprovação de que este investimento foi em cultura”, explicou.

Mário Frias ainda lembrou que 80% dos recursos investidos pela lei de incentivo à cultura ficaram com apenas 10% dos proponentes.

A informação, altamente esclarecedora, comprova o absurdo do processo que vinha pilhando os cofres do governo, sob a desculpa de investimento em cultura, e não deixou brecha para que a esquerdista, Amanda, pudesse retrucar.

Esta era a Lei Rouanet sob a gestão de governos anteriores a Bolsonaro. Uma verdadeira farra.

Veja o vídeo:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do Jornal da Cidade Online.

Um ato de Censura Prévia. Um atentado a liberdade de expressão.

Uma decisão sem fundamento, sem qualquer intimação e sem o devido processo legal.

Precisamos da ajuda de todos os patriotas.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Cada colaboração é importante para que a verdade prevaleça!

Faça também a sua doação pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Contamos com você!

da Redação
Ler comentários e comentar