Sem passar por Ministro da Justiça, pedido de extradição de Allan dos Santos chega aos EUA, causa mal estar e demissão (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Segundo informações da Jovem Pan News, o envio do pedido de extradição do jornalista Allan dos Santos causou um mal estar entre o ministério da Justiça e o Supremo Tribunal Federal, autor da solicitação, pelo ministro Alexandre de Moraes.

De acordo com a reportagem, o documento que chegou nesta quarta-feira (17), foi enviado sem o conhecimento do ministro Anderson Torres, após análise da delegada Sílvia Amélia, chefe do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Internacional (DRCI), que despachou via Itamaraty.

O fato de ter tomado a decisão sem a autorização de seus superiores, levou à exoneração do cargo, segundo a matéria.

Não se sabe em qual estado americano Allan do Santos reside e, portanto, a ordem só poderá ser cumprida caso as autoridades norte-americanas aceitem e encaminhem para a Interpol, por intermédio do FBI.

Há, entretanto, a expectativa de que o governo federal ainda venha a indeferir o pedido de extradição.

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Compre no Shopping Conservador: https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar